Feeds:
Posts
Comentários

Vácuo

Vacúolo

Vazio

Oco

 

Abstinência

 

Falta de sono

de fome

e de amor

próprio.

Sua confusão me magoa

 

São duas, três

ou quatro horas.

 

Você havia me pedido um poema

Aí está.

 

As vezes uma fotografia rasgada

Um poema pela metade

Um amor de final de semana.

 

Suas vozes me confundem

 

Injusto você me dizer que fui rápido demais

ou que eu sou muito disposta.

 

Sua confusão me confunde.

 

Acordo atônita em busca deste bloco de papel

 

Não

não se trata de insônia.

 

Aí está seu poema

Pessoa dura.

 

Fingindo maturidade

procuro abafar a memória.

 

Um desenho pela metade

 

Enquanto as linhas surgiam

você decidia pelo ponto final da nossa história.

 

Fingindo falta de memória

alega cansaço.

 

O respeito é o mais quente dos abraços.

 

Por que veio?

Por que foi embora?

 

E eu, aqui, em estado de arte

 

É este o meu lugar errado.

 

Sua falta de vida

Infelizmente, me consola.

Procura-se

um amor analógico.

Pra você

 

Não escrevi poema algum

 

Afinal

não tivemos tempo suficiente

 

Parece-me patético

já que estamos vivas e jovens

 

Tentei evitar perguntas psicanalíticas demais

 

Mas não foi possível, novamente

 

E se desta vez você escolhesse ficar?

 

Por que seria?

 

Começo ou fim da história?

 

Meu amor

eu, que ainda sou quase uma criança

agora também me vejo artista

 

Espírito livre

 

Aprendendo a recortar retalhos e detalhes

que sempre vi

mas não sabia costurar

 

Só que agora eu sei.

 

 

 

Tenha tempo pra estar

E pra tudo o mais que possa vir a acontecer

Não me faça reservas.

Não queira controlar a música que vamos ouvir
Nem a comida que vamos saborear.

Apenas deixe-me ir

E venha também

Pode vir.

Não tenho interesse na tua metade
Nem nos restos que sobraram de ti

Além disso
moro sozinha
e não tenho hora pra voltar.

Não é um dom

do além.

 

Trata-se de uma escolha

de um caminho

Uma saída.

 

Vålvula de escape

em meio à tanta

Concretude.

 

Ter olhos pra ver

E não parar pra observar

também é uma opção

 

Você pode, por exemplo

querer que as coisas sejam práticas e objetivas.

 

Mas elas não são

 

 

 

 

Desconfio que:

 

O mal que tu me fazes

por não me amar

 

Pode ser proporcional

ao bem que me faria

 

Caso assim

o quisesse.